Ninguém, nós

Ninguém, além de mim, consegue ver,
Tudo o que você representa.

Ninguém pode mensurar, 
O espaço que você já ocupa na minha vida.

Ninguém sabe o quanto você é capaz, 
E faz,
Tudo o que eu preciso para ser feliz.

 É  hora de  celebrarmos
O que gente bem que já desconfiava,
Desde o dia em que a gente se “re-conheceu”:

De que a gente se ama,
Que nosso amor é pra valer,
Que vai durar
E que vai ser muito bom
Mas muito bom mesmo

Viver tudo aquilo que a vida nos reserva
Tudo de bom que vier pela frente.

Alice Lima

Rio de Janeiro, 30 de junho de 2010

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: